Carnavalesco Fábio Ricardo apresenta sinopse do enredo 2014 para compositores da Grande Rio

Carnavalesco Fábio Ricardo apresenta sinopse do enredo 2014 para compositores da Grande Rio.1.jpg
Na noite da última segunda-feira dia 3 de maio, foi apresentada oficialmente a sinopse do enredo 2014 da Grande Rio aos compositores da escola na quadra da agremiação em Duque de Caxias. O enredo “Verdes olhos sobre o mar, no caminho: Maricá” assinado pelo carnavalesco Fábio Ricardo.

O enredo escolhido para o próximo desfile contará a história da cidade de Maricá usando as obras da cantora maiosa para conduzir este tema. Esta cerimônia de apresentação da sinopse possibilita um melhor entendimento dos compositores sobre de fato a linha que o carnavalesco deseja seguir para contar a história. Cerca de 50 compositores estiveram presentes para tentar, a partir dali, contar através de uma letra de samba todo este mágico enredo que a Grande Rio vai apresentar em 2014.

Carnavalesco Fábio Ricardo apresenta sinopse do enredo 2014 para compositores da Grande Rio.2.jpg
Conversamos com o carnavalesco Fábio Ricardo que muito satisfeito com a apresentação da sinopse declarou:

– A forma como foi feita a apresentação da sinopse foi muito interessante, muito interativa, através de textos e vídeos. todos puderam conhecer como vai ser o sistema de união e de equipe nesse próximo carnaval, foi de certa forma também uma apresentação. E esta forma de apresentação foi muito boa porque não teve uma pessoa que veio falar que não entendeu qual era a ideia do enredo. Tenho certeza que vamos ter bons sambas, a disputa vai ser muito acirrada. Como eu disse durante a apresentação é importante que estes compositores sintam a emoção e o carinho como nós estamos desenvolvendo o enredo. Estes artistas vão apresentar belas obras de composição este ano, conseguimos passar todas as mensagens que queríamos. – afirmou o carnavalesco Fábio Ricardo.

O início da disputa do samba enredo 2014 da Grande Rio acontecerá no dia 11 de agosto e as etapas de disputas acontecerão aos sábados na quadra da escola em Duque de Caxias.

Veja a sinopse do enredo oficial da Grande Rio para 2014:

Verdes olhos sobre o mar, no caminho: Maricá

A estação que inspira é o verão…
Nas primeiras horas de uma manhã de sol, ela desperta depois do que havia programado. O corpo ainda se sente envolvido pelo ócio da noite anterior.

Apressadamente, aproxima-se da janela e vislumbra as primeiras nuances luminosas do despertar de um novo dia. O brilho invade o ambiente outrora escuro pela noite e a claridade reflete na retina de seus olhos verdes. É a vida dando ao destino nova chance de refazer o fim da história. Quem sabe, nova fase, cantada em outro tom.

O sol aquece seu corpo na varanda da casa. Ela se dirige ao piano e algumas notas ecoam. No bloco de folha branca inicia o seguinte rascunho:

“Verdes olhos sobre o mar, a brisa a me levar nas asas do tempo!
Doce é este lugar, onde o chão guarda suas memórias
E a fé multiplica-se nas águas!
No firmamento a benção de teu “amparo”
Nos livros, páginas passadas que falam de sua história…”

O vento soprou mais forte e fez com que os cabelos se tornassem empecilho para os olhos. O som do piano cessou, o pensamento foi longe, e ela reacendeu a inspiração dos versos:

“Confesso que nem tudo vi!
Quando sua beleza fascinou o inglês pela manhã, tudo era verde e eu não estava lá!
Do seio de fertilidade da mata, do zum-zum-zum dos seres que lhe encantaram
Da visão noturna do que há pouco era dia, herdei as noites “negras”
Tornei-me dona das estrelas que emolduravam o céu que foi dele…”

Ainda é manhã e sobre o mar o “barquinho” risca o horizonte. Ela cessa novamente o som do piano e instaura um demorado silêncio. Seus olhos verdes, são mais verdes quando fitam o mar. O canto do sabiá rompe a ausência do som. Ela retoma os versos:

“Ai quem me dera ver tudo
Lançar-me no passado
Correr em tuas plantações verdes, provar de tua laranja mais doce
Faze-la outra vez cidade que já foi terra de muitos
Que Darwin passou, que o trem prosperou
Hoje meu verso é em tua homenagem, é canção para um samba que em mim é sempre carnaval…”

O vento continuou soprando em seus ouvidos a inspiração para compor:

“A praia o terno convite:
O sol, as ondas, o banho de mar e o surfista solitário que corta as ondas como quem borda no Espraiado
No Barquinho corro o mundo, volto e olho: não consigo me acostumar
Não ando só na imensidão
Daqui ou de qualquer lugar, só fui feliz em Maricá.”

As linhas estavam no papel encontrado entre a casa e o mar. Como assinatura lia-se um “M” maiúsculo, seguido de um “A” emendado em um “Y” um “S” e encerrado com um “A”. No fim da folha encontrada, lia-se: maioSA.

Roberto Vilaronga e Leandro Vieira
Carnavalesco: Fábio Ricardo

Carnavalesco Fábio Ricardo apresenta sinopse do enredo 2014 para compositores da Grande Rio.3.jpg

Carnavalesco Fábio Ricardo apresenta sinopse do enredo 2014 para compositores da Grande Rio.4.jpg
O diretor de harmonia Thiago Monteiro, o pesquisador que integra a equipe de criação da Grande Rio Roberto Vilaronga e o carnavalesco Fábio Ricardo.

Redação: Yuri Soares/ Renan Calabri
Fotos: Vicente Rodrigues

Samba enredo 2017 GRANDE RIO