Maestro João Carlos visita barracão da Grande Rio

Um dos homenageados no desfile, o maestro confirmou sua participação no desfile da superação

Um dos homenageados no enredo deste ano, o maestro brasileiro João Carlos Martins, um exemplo vivo de superação, visitou o barracão da Grande Rio no último dia 11 de janeiro e confirmou sua participação no desfile da superação.

João Carlos Gandra da Silva Martins, nascido em São Paulo no dia 25 de junho de 1940 é pianista e maestro e ficou conhecido mundialmente por sua história de vida, que através da paixão pela música o fez vencer todos os obstáculos em sua trajetória. O maestro já inspirou um documentário na Europa (“Paixão segundo Martins”) que foi assistido par mais de um milhão e meio de pessoas. O mundo admira a força de vontade, o poder de superação de João Carlos Martins.O maestro estuda música desde os seus oito anos de idade. Já venceu concursos musicais de renome em todo o mundo.

Mas esta trajetória de vida não foi simples não, João Carlos teve que vencer muitos desafios que apareceram em sua vida, o músico teve um nervo rompido e perdeu os movimentos da mão direita em um acidente em um jogo de futebol nos Estados Unidos. Com muita luta e força de vontade ele recuperou parte dos movimentos da mão, mas com o passar do tempo João Carlos descobre ter uma doença chamada Contratura de Dupuytren, tendo, novamente, que parar de tocar, e dessa vez acreditou que jamais poderia voltar. O maestro, desiludido de seu sonho, vendeu todos seus pianos e tornou-se treinador de boxe. Mas sua paixão pela música fez com que o maestro retornasse, realizando grandes consertos, readquiriu novos instrumentos e criou um estilo único de tocar, utilizando-se apenas da mão esquerda, ele obteve o extremo sucesso com esta atitude.

Mas para quem acha que a jornada de superação do maestro Joaõ Carlos termina por aqui, se engana. Após ralizar um concerto na Bulgária, o músico brasileiro sofreu um assalto, foi golpeado na cabeça e perdeu o movimento das duas mão.

João perdeu anos de sua carreira em tratamentos e treinamentos encontrando novamente uma nova maneira de tocar, utilizando apenas os dedos que podia de cada mão. Incapaz de segurar a partitura ou virar as páginas das partituras dos concertos, João Carlos faz um trabalho minucioso de memorizar nota por nota, demonstrando ainda mais seu perfeccionismo e dedicação ao mundo da música.

O maestro será homengeado em uma alegoria, sendo um dos principais exemplos de superação do brasileiro. Conversamos com o maestro que falou sobre a satisfação dessa homenagem:

– O Brasil tem milhares de exemplos de superação e foram escolhidos alguns, e as pessoas que foram escolhidas foram incríveis, representando um exemplo de superação brasileiro. Eu como este velho maestro, me sinto profundamente orgulhoso de ser um dos homenageados, e desta forma, um assunto tão importante em nosso país como poder da superação sendo abordado no carnaval carioca, tenho certeza que é um orgulho para todas aquelas pessoas que lutaram para conseguir ultrapassar obstáculos. Nunca na minha vida achei que ia ter a honra de pisar na Sapucaí, quanta honra meu Deus.

A Grande Rio fechará o desfile do carnaval carioca na segunda-feira (20 de fevereiro) e expectativa de todos é muita em cima deste desfile que levará essa tão importante característica do ser humano de superar as adversidades.

Samba enredo 2017 GRANDE RIO