Pimpolhos da Grande Rio realiza projeto social junto ao Instituto Zeca Pagodinho

A G.R.C.E.S.M. Pimpolhos da Grande Rio realizou um projeto em parceria com o Instituto Zeca pagodinho, situado em Xerém – Duque de Caxias. A equipe de educadores da Pimpolhos passou um dia inteiro no Instituto do cantor e compositor Zeca Pagodinho no dia 4 de outubro, uma sexta-feira, realizando atividades sociais promovendo a boa relação do homem com o meio-ambiente.

O Instituto Zeca pagodinho foi fundado pelo cantor em 1999. Na época Zeca morava em Xerém e tinha a intenção de dar às crianças e adolescentes uma melhor qualidade de vida, utilizando a educação musical, artística e cultural proporcionando-lhes melhor auto-estima e ampliando sua visão de mundo. Em um vídeo no site do Instituto, o cantor comenta a importância do projeto na vida desses meninos e meninas:

– A música ajuda a formar pessoas moralmente, espiritualmente, se vai ser músico ou não… Pode ser um doutor ou um gari, mas vai ter uma formação boa, porque a música traz o bem.

A escola começou tendo o nome de Instituto de Educação Artística de Xerém (IEAX) e tinha apenas uma pequena sala de aula e poucos instrumentos, hoje a instituição possui uma área de 200m2, dezenas de instrumentos e atende 80 crianças com oito diferentes tipos de aula.

Ao longo dos 12 anos de existência o instituo Zeca Pagodinho já orientou mais de 400 crianças. Em 2002, a escola foi premiada com o 1º Prêmio Rival BR de Música. Em Maio deste ano o instituto iniciou uma nova fase, em parceria com o bem sucedido projeto “Bem Me Quer Paquetá” implementando uma nova pedagogia de ensino.

Para participar do instituto as crianças devem ter entre 7 e 14 anos e não tem restrições quanto à localidade de moradia. As aulas acontecem de segunda à quinta-feira das 08 às 16 horas. No Instituto as crianças têm a oportunidade de aprenderem instrumentos como Piano, Violão, Violino, Flauta, Violãocelo, bandolin, clarineta, entre outros, além de Teatro, Canto e informática. Juntamente com a Implante Rio, a escola do cantor em Xerém promove também tratamento dentário aos alunos todas as quartas e sextas na parte da manhã.

O filho de Zeca Pagodinho, Luizinho, de 22 anos, participa ativamente do projeto e reconhece a necessidade desta oportunidade que é dada às crianças do Município:

– Eu acho que isso aqui é essencial para as crianças, você podia está perdendo esse tempo na rua sem fazer nada sem aprender nada, e você ta aqui aprendendo a tocar aprendendo a ler música, está se formando como músico profissional, se no futuro quiser seguei ou não é a escolha de cada um, mas a musica traz esta coisa boa, quando você ta tocando, você esquece dos seus problemas. O projeto é ótimo, vir aqui e ver o sorriso dessas crianças, elas aprendem brincando, fazem teatro, tem aula de artes além das aulas de música, essa energia que circula aqui é muito boa. Hoje eu não consigo me ver sem fazer parte desta escola. Quando eu venho pra cá eu volto com outro sorriso, com outra alegria.

A Pimpolhos foi convidada para realizar um dia de atividade com as crianças da escola do Zeca em Xerém. Através dos educadores; Otávio, Luna, Márcia, Babi, Magda, Jaqueline, Silvia e Cintia, foi mostrado aos alunos a importância de reciclarmos e reaproveitarmos os materiais para não agredirmos mais a natureza!

Os profissionais envolvidos no Instituto são:

Josiane Kevorkian – Coordenação geral do projeto musical  e artístico & Professora de Musicalização Infantil e Piano

Carla Rincón – Coordenadora pedagógica do Instituto

Ana Paula Ferrari Emerich – Professora do Núcleo de Canto Coral

Clarisse Montteiro – Professora do Núcleo Teatro e Movimento

Bruno Jardim – Assistente de Coordenação, Regente e Professor do Núcleo Práticas de Conjunto

Antonio Dantas – Professor de Cordas Dedilhadas

Vera de Freitas – Professora do Núcleo de Iniciação Artística

Marlene Detoni – Coordenadora Administrativa

No mês passado algumas crianças do Instituto participaram da gravação do DVD ‘Quintal do Zeca’ cantando a música ‘Deixa a vida me levar’.

Redação: Renan Calabri

Yuri Soares

Fotos: Instituto Zeca Pagodinho

 

Samba enredo 2018 GRANDE RIO